Temos a terceira PCH do País a atender aos 17 ODS da ONU!

A Atiaia Renováveis celebra mais uma conquista inédita! A Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Paranatinga, localizada no Mato Grosso, recebeu a certificação REC Brazil e passa a ser a terceira do País a atender aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Já tínhamos as duas únicas PCHs do Brasil a atender aos 17 ODS, a PCH Bandeirante e a PCH Garganta da Jararaca. Localizada entre os municípios de Paranatinga e Campinápolis, a PCH Paranatinga tem 29 MW de potência instalada e geração anual de 130 mil MW. 

A primeira a atender aos 17 ODS da ONU foi a PCH Bandeirante, situada entre os municípios de Chapadão do Sul e Água Clara, no Mato Grosso do Sul, com 28 MW de potência instalada e geração anual de 161 mil MWh. A segunda foi a PCH Garganta da Jararaca, localizada entre os municípios de Campo Novo do Parecis e Nova Maringá, em Mato Grosso, e tem 29,3 MW de potência instalada e geração anual de 185 mil MW. 

O reconhecimento foi realizado pelo Instituto Totum, que emite a certificação REC Brazil. O certificado é uma iniciativa conjunta da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) e da Associação Brasileira de Energia Limpa (Abragel), com apoio da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) e da Associação Brasileira de Biogás e de Biometano (ABiogás), e tem como objetivo fomentar o mercado de energia gerada a partir de fontes renováveis e com alto desempenho em sustentabilidade. 

Emissão de certificado I-REC

As PCHs da Atiaia Renováveis vendem seus certificados I-REC combinados com o selo REC-Brazil, o que garante a seus clientes que a energia foi produzida por fontes renováveis, e que os projetos possuem um compromisso formal com os critérios de sustentabilidade globais, demonstrando ainda mais o compromisso da companhia com a transição energética brasileira. 

Ao adquirir os certificados da Atiaia Renováveis, a empresa reúne uma série de vantagens, como ter uma certificação com reconhecimento global, auditada e segura, além da possibilidade de zerar as emissões de CO2 ligadas ao consumo de energia e incentiva o crescimento da matriz energética de fontes renováveis e sustentáveis. Cada I-REC comprova que 1 megawatt-hora foi gerado por uma fonte renovável: eólica, solar ou hídrica.

Data da publicação: Dezembro/2023

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Deixe seu comentário!

{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

Atiaia Renováveis fecha acordo com a Aché para geração de energia limpa

O que aconteceu na COP28?