O que é um I-REC? 

De acordo com uma projeção do Instituto Totum, responsável pela emissão local dos certificados I-REC (certificados internacionais de energia renovável), o mercado brasileiro de certificados de energia renovável deverá dobrar de tamanho neste ano, chegando a um volume entre 45 milhões e 50 milhões de I-RECs. Mas você sabe o que é um I-REC? 

I-REC e REC Brazil 

Os certificados internacionais de energia renovável (I-RECs) comprovam que a energia utilizada pela empresa é de origem limpa. Cada I-REC equivale a 1 MWh de energia gerada, neutralizando, assim, as emissões de gases de efeito estufa do consumo de eletricidade. 

Além disso, também existe o REC Brazil, que possui um aval de sustentabilidade adicional ao I-REC, que atende a critérios relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Isso significa que o REC Brazil detalha o grau de atendimento do empreendimento de geração de energia aos ODS, como os aspectos socioambientais.

A Atiaia Renováveis, por exemplo, possui a certificação REC Brazil para a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Bandeirante, a primeira PCH do País a atender aos 17 ODS da ONU. Localizada entre os municípios de Chapadão do Sul e Água Clara, em Mato Grosso do Sul, a PCH tem 28 MW de potência instalada e geração anual de 161 mil MWh. 

Emissão de I-RECs

É nesse cenário de aumento da preocupação das empresas com o consumo de energia gerada com fontes sustentáveis que a Atiaia Renováveis também inicia a comercialização de I-RECs.

As emissões de certificados I-REC pela Atiaia Renováveis já tiveram início e foram para o Grupo SBF, responsável pelas marcas Centauro, Fisia (distribuidora oficial da Nike no Brasil), NWB, FitDance, X3M e OneFan. Outras empresas também já entraram para o rol de companhias que buscam energia limpa, entre elas a Chemyunion e a Indústria Química de Ingredientes Cosméticos.

Ao adquirir o I-REC, a empresa reúne uma série de vantagens, como ter uma certificação com reconhecimento global, auditada e segura, além da possibilidade de zerar as emissões de CO2 ligadas ao consumo de energia e o incentivo a uma matriz energética mais limpa. Cada I-REC comprova que 1 megawatt-hora foi gerado por uma fonte renovável: eólica, solar ou hídrica.

Data da publicação: Julho/2023

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Deixe seu comentário!

{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.singularReviewCountLabel }}
{{ reviewsTotal }}{{ options.labels.pluralReviewCountLabel }}
{{ options.labels.newReviewButton }}
{{ userData.canReview.message }}

O que é a autoprodução de energia?

Conheça a Agenda 30 e os 17 ODS da ONU